She changes Matosinhos

PORTO, Portugal Polaroid “fake” – “She Changes”

Formato: 10.5cm x 13 cm
As fotografias encontram-se em stock e estão prontas para serem expedidas em 1-2 dias úteis.

3,00

PORTO, Portugal Polaroid “fake” – “She Changes” em Matosinhos

Formato: 10.5cm x 13 cm
As fotografias encontram-se em stock e estão prontas para serem expedidas em 1-2 dias úteis.

Neste link consulte toda a colecção de postais polaroids do Porto.
Veja aqui mais fotografias desta escultura.

“She Changes”, vulgarmente conhecida por “Anémona”, é uma homenagem aos pescadores de Matosinhos.
Da autoria de Janet Echelman-Kunst, a estrutura em rede tem 50m de altura.

A Praça Cidade S. Salvador, possui uma das mais belas rotundas do país, com uma escultura da norte-americana. Dedicada aos pescadores de Matosinhos, foi da comunidade local que emergiu a designação que todos usam e para sempre identificará aquele objeto singular: Anémona.

Durante toda a sua história, Matosinhos esteve ligado ao mosteiro de Bouças, que será bastante antigo, sendo a sua construção anterior a 944. No ano de 900 já existia uma pequena povoação com o nome de Matesinus que em 1258 se chamaria Matusiny, um lugar da freguesia de Sendim. D. Manuel I concedeu-lhe foral em 30 de Setembro de 1514 e passou a pertencer ao concelho de Bouças em 1833, tendo como sede a vila de Bouças, até 1836 designada Senhora da Hora. Até ao liberalismo constituía o Julgado de Bouças. Matosinhos é uma terra recente para os padrões portugueses,sendo portanto influenciada pela cidade do Porto. Incorpora tradições piscatórias do litoral Norte, em específico da comunidade piscatória da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, as mais fortes na cidade, mas também tradições rurais das terras da Maia. A principal festa em Matosinhos é o Senhor de Matosinhos, cuja origem está numa antiga lenda em que a Imagem de Jesus Crucificado (obra de Nicodemus), aqui terá aparecido junto ao mar,onde existe uma Capela-Memorial. A imagem do Senhor é venerada no famoso Santuário do Senhor de Matosinhos(obra-prima de Nicolau Nasoni).