Marco de correio em Portugal

Ilustração figurativa de um Marco de correio no Porto.

A moldura não está incluída.
A ilustração encontra-se pronta para expedir em 1-2 dias úteis.

16,0050,00

Limpar

Ilustração figurativa de um Marco de correio no Porto.

A moldura não está incluída.
A ilustração encontra-se pronta para expedir em 1-2 dias úteis.
Neste link consulte toda a colecção de ilustrações do Porto.

Nesta página encontra mais informações úteis sobre a cidade.

O Marco de Correio é uma pequena construção, geralmente de forma cilíndrica, com uma ranhura, onde se deposita a correspondência que depois é reunida nas estações de correios para ser enviada aos destinatários.

Há quem diga que o primeiro marco de correio do mundo foi português. Leia aqui a estória.

A grande aventura dos Descobrimentos, iniciada no século XV, colocou Portugal no centro do mundo, obrigando a Coroa, a nobreza e a burguesia a contactos intensos com outros Estados e com mercadores. Mais do que nunca, impunha-se a existência de um serviço postal seguro e eficiente. Assim, a 6 de novembro de 1520, D. Manuel I publicou a Carta Régia que criava o ofício de Correio-mor, entregando a gestão deste ao seu Cavaleiro Luís Homem. O serviço de Correio-mor era público e qualquer cidadão podia utilizá-lo mediante o pagamento de uma quantia. O Correio-mor foi um cargo de nomeação régia até 1606, quando foi vendido pelo Rei Filipe II a Luís Gomes da Mata, que manteve a posse da exploração dos correios durante os dois séculos seguintes, procurando modernizar continuamente os serviços.

A 100% Portugal
Ilustrações e fotografias representativas dos ex-libris da cidade do Porto e arredores.
Nasceu a partir de uma ideia de criar produtos que representassem de alguma forma o nosso país e a nossa cultura. Assim nasceu a forma de estar 100% PORTUGAL!

Formato

, , , ,